A argençana, Gentiana lutea, em Portugal só ocorre no topo da Serra da Estrela, tendo sido contados cerca de 240 indivíduos no total, a maioria dos quais são adultos, sendo plausível supor que a regeneração é um evento raro. A progressão dos matos e mesmo a colheita para fins medicinais são ameaças que podem ter impactos importantes na sobrevivência desta espécie em Portugal.
Apadrinhar